Honraria Pai Santana: Vasco anuncia homenagem a personalidades que combatem o racismo

Com um histórico de luta antirracista, o Vasco anunciou mais um projeto voltado para o tema. O clube criou a Honraria Pai Santana, tributo em forma de medalha que servirá como homenagem e reconhecimento a pessoas que contribuem de alguma forma para tornar a sociedade mais igualitária e inclusiva.

O lançamento será nesta quinta, antes do jogo entre Vasco e Grêmio. O clube divulgou os 11 primeiros nomes que receberão a medalha. Entre eles, estão o técnico do Grêmio Roger Machado, a atriz Taís Araújo e os cantores Emicida e Mano Brown. Confira a lista completa abaixo:

A honraria é uma referência ao massagista Eduardo Santana, um dos personagens mais importantes da história do Vasco. Também conhecido como Pai Santana, ele trabalhou por décadas em São Januário cuidando de diversas gerações de atletas até se afastar por causa de um Acidente Vascular Cerebral, em 2006. Negro e Pai de Santo de Umbanda, ele também ficou marcado pelos trabalhos que fez para ajudar o time. Virou ídolo da torcida e ganhou até um bandeirão com seu rosto.

Ele morreu em 2011, aos 77 anos, vítima de insuficiência respiratória decorrente de uma pneumonia. No ano seguinte, o clube anunciou a inclusão de seu nome na galeria de ídolos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos