Hospitais de campanha de SP já somam 14 mortes

O Globo
·1 minuto de leitura
Hospital de campanha montado no estádio do Pacaembu tem 142 pessoas internadas e sua capacidade é de recceber 200 pacientes.
Hospital de campanha montado no estádio do Pacaembu tem 142 pessoas internadas e sua capacidade é de recceber 200 pacientes.

SÃO PAULO. Uma mulher de 61 anos, com comorbidades, foi a 14ª morte registrada nos dois hospitais de campanha da cidade de São Paulo, abertos há pouco mais de um mês para atender os casos de Covid-19. Sem dar detalhes da paciente, este novo óbito foi registrado no balanço deste domingo (10) realizado pela prefeitura. Por outro lado, 1.668 pacientes já tiveram alta após passar por um dos dois hospitais de campanha na cidade, no estádio do Pacaembu e no Centro de Convenções do Anhembi.

O levantamento indica que a maior cidade do país tem, em sua rede municipal, 1.642 internados, sendo 426 em UTIs. A ocupação das UTIs municipais está em 87%, segundo levantamento da secretaria municipal de Saúde.

A prefeitura paulistana informou que, até o dia 9 de maio, foram registrados na cidade 2.268 óbitos por Covid-19, mas que o município tem outros 2.750 óbitos suspeitos de terem sido causados pelo novo coronavírus. Assim, segundo o balanço, o total de mortes confirmadas e suspeitas soma 5.018, 353% a mais que os 1.110 casos óbitos registrados em 9 de abril.