Hospital de Campanha do Parque dos Atletas, na Barra, começa a funcionar segunda-feira

RIO - O Hospital de Campanha do Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, começa a funcionar na próxima segunda-feira, cinco dias antes do previsto. Ao longo da semana, a unidade terá cem leitos operacionais. A partir de 22 de maio, contará com 200 leitos - 50 deles de UTI e 150 de internação - voltados para atender os pacientes do SUS, vítimas da Covid-19. Também na segunda, o Hospital de Campanha Lagoa-Barra, no Leblon, na Zona Sul da cidade, ganhará mais 40 leitos e passará de 160 para 200.

O Hospital do Parque dos Atletas terá a duração de 120 dias, a partir de sua abertura. A possibilidade é de atender mais de duas mil pessoas no local. A Rede D'Or está à frente da construção e gestão da unidade, enquanto o Governo do Estado responde pelo terreno onde ocorre a iniciativa. Os custos do hospital estão orçados em R$ 50 milhões e serão divididos pelos seguintes patrocinadores: Movimento União Rio, Rede D’Or, Stone Pagamentos, Mubadala, Qualicorp, SulAmérica Seguros, Vale e Banco BV.

No caso da unidade Lagoa-Barra, o investimento total é de R$ 45 milhões. A Rede D'Or está arcando com R$ 25 milhões e R$ 20 milhões estão sendo custeados pela Bradesco Seguros, Lojas Americanas, Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e Banco Safra em partes iguais.