Hospital da zona leste de SP alerta sobre aumento de internações

MARIANA FREIRE
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio à alta de internações por Covid-19, o Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, zona leste da cidade de São Paulo, publicou comunicado em seu site e em suas redes sociais afirmando que a unidade também tem registrado aumento de internações. "Os números superam a média de internações contabilizadas diariamente nas últimas semanas", diz o texto, sem especificar quantos novos casos têm chegado. Com os novos números, o hospital alerta no comunicado para a importância de medidas de prevenção contra a doença. Nesta sexta (20), as áreas dedicadas ao atendimento do SUS e de convênios não estavam cheias. A nutricionista Caroline Gasparini, 22 anos, porém, tentava, pela segunda vez, que o avô, Antônio Gasparini, 77, que tem câncer, fosse internado. "Na terça [17] ele estava com falta de ar. Fizemos alguns exames e o médico queria internar, mas, como estava com a internação lotada, não conseguimos que ele ficasse", disse. O aumento já é sentido na rotina das equipes médicas de hospiais, diz Eder Gatti, infectologista e diretor do Simesp (Sindicato dos Médicos de São Paulo). "A gente imagina que esse aumento esteja acontecendo pelo afrouxamento das medidas de isolamento social e proteção. Por isso pode acontecer maior procura dos serviços e demandar uma maior quantidade de leitos", afirma o médico. Procurado, o hospital não respondeu aos contatos da reportagem.