Hospital japonês em São Paulo lança livro sobre a história de imigrantes

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Hospital Santa Cruz lançou nesta terça-feira (25) a versão em japonês do livro "História do Hospital Santa Cruz - Sociedade Brasileira e Japonesa de Beneficência Santa Cruz".

O evento acontece no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, na Liberdade (região central de São Paulo), às 19h. Os exemplares em português já haviam sido lançados no ano passado.

O livro narra a história dos primeiros imigrantes japoneses no Brasil e as dificuldades que enfrentaram com a barreira do idioma, as doenças tropicais e a má situação financeira da maioria deles. Conta também como ela se cruza com a trajetória do hospital, que comemora 78 anos.

A obra relata, por exemplo, o congelamento dos bens da instituição pelo Governo Federal em 1941, após a eclosão da 2ª Guerra Mundial, quando o Brasil rompeu as relações diplomáticas com o Japão. A situação durou até 1945.

O lançamento contará com a presença do cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, e com presidentes de diversas instituições e empresas da comunidade nipo-brasileira.

Haverá também uma apresentação artística do presidente da Associação Brasileira de Música Clássica Japonesa, Shen Ribeiro, com shakuhachi (flauta de bambu).

Segundo o hospital, depois o livro será entregue ao imperador e à imperatriz do Japão e ao príncipe Akishino e à princesa Kiko, que visitaram a instituição em 2015. Ele ficará disponível para compra no próprio museu da imigração japonesa e custará R$ 90.

O Santa Cruz, que fica na Vila Mariana (zona sul) e tem funcionários bilíngues, faz um milhão de atendimentos por ano, principalmente nas áreas de oftalmologia, ortopedia, neurologia e cardiologia.

SERVIÇO

O QUÊ: Lançamento do livro "História do Hospital Santa Cruz"

ONDE: Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil

ENDEREÇO: r. São Joaquim, 381 (9º andar), Liberdade

QUANDO: 25 de abril, às 19h