Hotéis em Brasília têm lotação máxima com visita de Lula à capital federal

Nesta quarta-feira (9), em Brasília, Lula deve cumprir uma série de reuniões com chefes de Poderes, como parte da fase inicial do governo de transição e Orçamento para 2023. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Nesta quarta-feira (9), em Brasília, Lula deve cumprir uma série de reuniões com chefes de Poderes, como parte da fase inicial do governo de transição e Orçamento para 2023. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

Os hotéis de Brasília chegaram à capacidade máxima de lotação após o anúncio da primeira visita de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à capital federal, como presidente eleito. Lula chegou a Brasília na noite desta terça-feira (8) e com um forte esquema de segurança montado pela PF (Polícia Federal).

Nesta quarta-feira (9), em Brasília, o petista deve cumprir uma série de reuniões com chefes de Poderes, como parte da fase inicial do governo de transição.

Devido à presença do presidente eleito na capital e às negociações para a formação do novo governo, a maioria dos hotéis do Plano Piloto estão lotados.

Os hóspedes variam entre políticos, especialistas e empresários que lutam por espaços na agenda de Lula, que terá encontro com os presidentes do STF, do Senado e da Câmara.

Pela manhã, o presidente eleito deve se reunir, separadamente, com os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Ainda dando seguimento a agenda, Lula deve se encontrar com dois ministros do Judiciário a partir das 16h.

O primeiro encontro será com a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Rosa Weber, e, em seguida, com o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes.

O petista deve conversar com os parlamentares, entre outros assuntos, sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê ajustes no Orçamento de 2023, que seja capaz de bancar promessas do presidente eleito, como a manutenção do Auxílio Brasil em R$ 600.

Após vencer as eleições no dia 30 de outubro, Lula tirou um período de descanso na Bahia com a esposa, Rosângela Lula da Silva, a Janja.

Lula deve permanecer em Brasília por dois dias, segundo o ex-ministro Aloizio Mercadante.

O petista deve ir ao Egito na próxima semana para participar da Conferência do Clima organizada pelas Nações Unidas (ONU), a COP 27.

Atualizações ao vivo