Hotel destruído por grupo Al-Shabaab na Somália

Em Mogadíscio, capital da Somália, 21 pessoas morreram na passada sexta-feira, 19 de Agosto, após um ataque levado a cabo pelo grupo extremista Al-Shabaab contra o hotel Hayat. O confrontro entre as autoridades e os terroristas durou mais de 30 horas.

Os autores do ataque detonaram explosivos na entrada da unidade hoteleira, geralmente frequentada por elementos do governo. Depois, deram continuidade ao atentado a partir do interior do hotel.

Este episódio, que ocorreu há uma semana, foi classificado como o maior ataque na capital, desde que o novo Presidente, Hassan Sheikh Mohamed, tomou posse em Maio.