Polícia encerra intervenção no Monte de Saint-Michel sem encontrar suspeito

Paris, 22 abr (EFE).- O prefeito regional do departamento de Mancha (oeste da França), Jean-Marc Sabathé, indicou neste domingo ao canal "BFMTV" o fim da intervenção das autoridades no Monte Saint-Michel, sem que a pessoa procurada tenha sido localizada, por isso que foi ampliada a zona de busca.

Segundo Sabathé, que compartilhou a descrição das testemunhas e das câmeras de segurança, trata-se de um homem jovem de entre 20 a 30 anos, vestido com camiseta branca e calças escuras.

Carregado com uma mochila, as autoridades não esclareceram se o indivíduo estava armado e não puderam confirmar ainda a natureza do ocorrido.

Sabathé informou também que a reabertura do Monte vai acontecer nesta tarde.

As forças da ordem interromperam o tráfego de ônibus turísticos depois que várias testemunhas denunciaram perante as autoridades os propósitos de um homem que ameaçava matar policiais.

O sujeito foi apontado por um guia turístico, assim como pelo proprietário de uma cafeteria que escutou igualmente suas advertências.

Cerca de 50 militares e um helicóptero foram ao local, que foi evacuado, além de casa por casa ter sido revistada, mas não encontraram o suspeito que, segundo o governador regional, muito possivelmente já está fora da pequena ilha.

O Monte Saint-Michel, patrimônio da humanidade da Unesco, é um dos pontos mais visitados da França com mais de três milhões de visitantes a cada ano. EFE