Hulk desabafa após nova derrota do Atlético-MG e fala sobre maturidade: 'Culpa dos jogadores'


Após mais uma derrota do Atlético-MG dentro de casa no Campeonato Brasileiro, dessa vez para o Athletico-PR, Hulk, capitão do Galo, fez um forte desabafo na saída do gramado depois do apito final. Na opinião do jogador, o elenco é o maior culpado pela má fase do time.

Ao ser perguntado sobre o resultado, o jogador disse acreditar que o time precisa ter maturidade para aprender com os erros.

- A culpa é toda dos jogadores. É toda nossa. Eu, como um dos capitães, estou aqui para assumir. Temos que ser mais maduros, mais inteligentes, porque se aprende com os erros. A gente vem errando bastante e não estamos aprendendo - disse o jogador aos microfones da Rádio Itatiaia.

+ Cuca vê favoritismo 'inquestionável' para o Palmeiras contra o Atlético-MG em jogo pela Libertadores

Em relação aos erros cometidos pelo Atlético-MG, Hulk falou principalmente sobre a dificuldade de segurar os resultados e reforçou a necessidade de maior maturidade da equipe.

- Tem que ser mais experiente quando tá ganhando o jogo, saber segurar o resultado. A questão de finalizar, temos que caprichar mais. E temos que ser mais maduros. Temos que colocar os pés no chão, colocar a cabeça no lugar, ter mais humildade e aprender com nossos erros.

Hulk - Atlético-MG
Hulk - Atlético-MG

Hulk durante o duelo contra o Athletico (Foto: Pedro Souza / Atlético-MG)

Neste ano, o Atlético-MG tem sofrido com a dificuldade de manter o resultado quando sai na frente. Em jogos como contra o Cuiabá, Corinthians, Palmeiras e Athletico-PR, o alvinegro fez o primeiro gol da partida e acabou cedendo empate ou a virada. Hulk reforçou que esse é um dos principais pontos a serem melhorados.

- Às vezes 1 a 0 é goleada. Tem que manter o resultado, não pode tomar gol besta. Não é culpando os defensores, porque a defesa começa no ataque. Então temos que ser mais maduros e ter mais humildade.

O atacante também falou sobre a humildade de cada jogador reconhecer a sua função dentro de campo, e disse acreditar que o "simples" pode ser o mais importante para o êxito do time.

- Tem que ter mais humildade e reconhecer onde você é mais forte. Se eu sou mais forte fazendo gol, lutando na frente, eu vou fazer isso. Se minha zaga é boa defendendo, tem que fazer isso. Fazer o simples, porque o feijão com arroz às vezes é muito mais importante do que querer inventar toda hora - finalizou.