Hungria apoia Sérvia e bloqueia adesão do Kosovo à União Europeia

A Hungria manifestou, esta quarta-feira, o apoio à Sérvia na campanha contra a entrada do Kosovo na União Europeia (UE), após um encontro entre o ministro sérvio dos Negócios Estrangeiros, Ivica Dacic, e o seu homólogo húngaro, Peter Szijjarto.

Ainda no final do ano passado, Belgrado e Prisitna chegaram a acordo para manter a paz na fronteira. O documento obriga o Kosovo reconhecer a minoria sérvia no norte do país, e a Sérvia a abster-se de exercer pressão contra a adesão do Kosovo a instituições internacionais e europeias.

Mas, de acordo com a diplomacia kosovar, o compromisso assumido em dezembro foi violado pelo governo sérvio, que recentemente enviou cartas a cinco países - Espanha, Roménia, Eslováquia, Chipre e Grécia - pedindo-lhes que impeçam o reconhecimento do Kosovo como estado-membro da UE.