iPhone vai 'dedurar' se o AirPods é falso

Os usuários de iPhone poderão identificar AirPods falsificados com maior facilidade (Getty Image)
Os usuários de iPhone poderão identificar AirPods falsificados com maior facilidade (Getty Image)
  • Apple anunciou novidades para o lançamento do iOS 16

  • Sistema operacional do iPhone vai identificar fones de ouvidos falsos

  • Ainda nesta semana também foi anunciado o lançamento do AirPods Pro

Quando compramos um produto fora da loja original, existe o risco do item ser falsificado. Até o momento, clientes da Apple não tinham muitas ferramentas para identificar se os fones de ouvido comprados eram verdadeiros ou cópias.

Para facilitar a vida dos consumidores, a Apple anunciou que, com o lançamento do sistema operacional iOS 16, marcado para segunda-feira (12), usuários de iPhone poderão identificar AirPods falsificados com maior facilidade.

Com a atualização, quando o usuário tentar emparelhar seu iPhone com um AirPods ou AirPods Pro falsificado, será exibido um alerta indicando que a Apple não conseguiu verificar o dispositivo.

"Estes fones não conseguiram ser verificados como AirPods genuínos e podem não se comportar como o esperado", avisa a mensagem encontrada no código-fonte do novo sistema operacional.

Em seguida, um botão "Saiba mais" aparecerá na tela redirecionando para um artigo da página de suporte da Apple, com mais detalhes sobre como identificar produtos originais. Ainda será oferecida a opção de "Não conectar"., Contudo, não existem indícios de que os aparelhos seriam bloqueados.

Desde janeiro já foram apreendidos pelo governo dos Estados Unidos cerca de 360.000 fones de ouvido sem fio falsificados, que juntos somavam US$ 62,2 milhões (R$ 323 milhões).

Também foi anunciado o lançamento do AirPods Pro. Nos EUA, ele será vendido a partir de 9 de setembro, por US$ 249 (R$ 1.300 em conversão direta). Ainda não há data para lançamento no Brasil, mas o equipamento deve custa R$ 2.599.