iPhone vai ter comprovantes de vacinação na Apple Wallet

·1 minuto de leitura
Recurso vai evitar tempo de espera em aeroportos ou estabelecimentos. Foto: Getty Images.
Recurso vai evitar tempo de espera em aeroportos ou estabelecimentos. Foto: Getty Images.
  • Aplicativo vai usar informações providas por planos de saúde

  • Recurso vai evitar tempo de espera em aeroportos ou estabelecimentos

  • Empresa não terá acesso aos dados, que serão encriptados

Com o aumento de exigências sobre vacinação na hora de viagens internacionais, a Apple decidiu se adiantar. Como parte de atualizações futuras, o aplicativo Apple Watch vai disponibilizar comprovantes de vacinação contra o Covid-19. Desta forma, ao passar pela fiscalização em aeroportos ou estabelecimentos que exigem o documento, o usuário de iPhone poderá fazê-lo de forma rápida e prática.

Para poder lançar esta funcionalidade, a Apple vai usar o banco de dados dos cartões de saúde SMART, que são utilizados nos Estados Unidos, para verificar a prova da vacinação. Assim, não será necessário buscar o documento no arquivo de e-mail ou carregar sua versão física.

Leia também:

O novo iPhone 15 já oferece a opção de armazenar informações verificáveis sobre vacinação, além de resultados de testes de Covid, no aplicativo de saúde do aparelho. Para isso, a Apple usa as mesmas informações que vai usar no Apple Wallet. O usuário recebe os registros a partir de QR codes, arquivos para fazer download ou dos seguros de saúde.

De acordo com a Apple, nenhum destes dados ficarão disponíveis de forma pública, já que serão encriptados. A própria empresa não terá acesso às informações dos comprovantes de vacinação ou como foram usados.

As informações são do Engadget.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos