IBM lança seu mais poderoso computador quântico com 433 qubits

Por Jane Lanhee Lee

(Reuters) - A IBM lançou nesta quarta-feira seu mais poderoso computador quântico, chamado de "Osprey", e com poder de processamento de 433 qubits, três vezes mais que a máquina "Eagle" anunciada ano passado.

O número de qubits, ou bits quânticos, é uma indicação do poder de processamento do computador que usa a mecânica quântica, embora diferentes fabricantes façam alegações distintas sobre o poder de processamento de seus qubits, que podem ser criados de várias formas.

Dario Gil, diretor de pesquisa da IBM, afirmou que a companhia ainda está trabalhando para lançar um computador quântico com mais de 1.000 qubits.

"Conforme esticamos os limites de tamanho do chip Osprey que estamos anunciando, você pode perceber que já é muito poderoso. No próximo ano, 1.000 qubits será ainda mais potente", disse ele. "Então estamos projetando toda a arquitetura para computação quântica com base em modularidade." A IBM chama o sistema modular de Quantum System Two.

"Quantum System Two é o primeiro sistema de computação quântica modular para que possamos continuar ampliando a capacidade ao longo do tempo", afirmou Gil. "Modularidade significa que os chips vão ser interconectados."

A IBM espera que o sistema fique pronto até o final do próximo ano e que ele será a base para a "supercomputação quântica" por meio da conexão de múltiplos Quantum System Twos. A companhia afirmou que poderá construir um sistema com até 16.632 qubits por meio da conexão de três destes sistemas.

A IBM já montou mais de 20 computadores quânticos ao redor do mundo e os clientes da companhia podem acessá-los por meio de serviços de computação em nuvem.