Ibovespa fecha em queda após encostar em 130 mil pontos

.

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou com declínio discreto nesta quarta-feira, perdendo fôlego após encostar nos 130 mil pontos, embora Vale e Petrobras tenham subido na esteira da alta do minério de ferro e do petróleo.

Índice de referência da bolsa brasileira, o Ibovespa cedeu 0,26%, a 128.427,98 pontos. Na máxima, chegou a 129.900,84 pontos. O giro financeiro da sessão somou 29,2 bilhões de reais.

Wall Street encerrou com pequenas variações, mas suficientes para o Nasdaq renovar máximas. O S&P 500 fechou com decréscimo de 0,1%, com dados sobre atividade industrial nos EUA e falas de membros do Fed no radar.

Para o analista da Clear Rafael Ribeiro, novas declarações "duras" de dirigentes do Federal Reserve pressionaram as bolsas em Nova York e contaminaram os negócios com ações brasileiras.

Entre elas, ele citou o comentário do presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, que reforçou a necessidade de o BC dos EUA subir o juro em 2022 com a inflação mais forte do que o esperado e os EUA em plena recuperação da pandemia.

DESTAQUES

- EZTEC ON caiu 4,93%, em meio a perspectivas de maior aperto monetário no Brasil, o que contaminou também outros papéis sensíveis ao movimento dos juros, como ações de shopping centers e consumo. O índice do setor imobiliário recuou 1% e o de consumo perdeu 0,71%.

- BB SEGURIDADE ON perdeu 3,29%, após aprovar reforço de capital de até 600 milhões de reais na Brasilprev. A empresa disse que não estima insuficiência de capital, mas por prudência os sócios BB Seguros e Principal Financial Group optaram pelo reforço, "em virtude da volatilidade do cenário macroeconômico e do aumento do IGP-M".

- VALE ON avançou 1,5%, na esteira da alta do minério de ferro na China. Além disso, o Morgan Stanley reiterou recomendação "overweight" para os ADRs da mineradora, com preço-alvo de 27 dólares, e elevou projeções para a companhia até 2024, incluindo lucro e receita.

- PETROBRAS PN subiu 0,69%, alinhada à alta dos preços do petróleo no mercado externo, com o Brent fechando em elevação de 0,51%, a 75,19 dólares o barril.

- ITAÚ UNIBANCO PN recuou 0,72%, abandonando a performance mais positiva do começo do dia. Na véspera, o Senado aprovou MP que eleva a alíquota da CSLL dos bancos. No setor, BRADESCO PN cedeu 0,44%, mesmo após aprovar 5 bilhões de reais em JCP intermediário relativo ao primeiro semestre do ano.

- BRASKEM PNA valorizou-se 2,82%. O Senado aprovou na véspera MP que abre o processo de revogação do Regime Especial da Indústria Química, que dá incentivos tributários ao setor. A retirada desses benefícios será gradual, nos próximos sete anos. Investidores também seguem atentos a desdobramentos sobre venda da fatia dos controladores.

- CVC BRASIL ON fechou com elevação de 1,87%, apoiada em expectativas otimistas sobre a vacinação contra a Covid-19 e retomada de viagens. Nesta semana, a empresa aprovou um aumento de capital. Em 2021, as ações da operadora de turismo sobem mais de 40%, após fecharem 2020 com um tombo de 50%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos