Ida da Libertadores ao SBT já garantiu R$ 14 milhões ao Corinthians

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Jogo do Corinthians contra o Athletico foi remanejado para a Globo para concorrer com a Libertadores no SBT (Rodrigo Ccca/Corinthians)
Jogo do Corinthians contra o Athletico foi remanejado para a Globo para concorrer com a Libertadores no SBT (Rodrigo Ccca/Corinthians)

Nenhum clube brasileiro se beneficiou mais, do ponto de vista financeiro, do que o Corinthians com a ida da Libertadores da América para o SBT. Você deve estar se perguntando o que uma coisa tem a ver com a outra, levando em consideração que o Timão nem participa mais do torneio sul-americano, certo? Pois o lucro alvinegro vem da Globo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O retorno corintiano, nas contas do presidente Andrés Sanchez, já chegou a R$ 14 milhões. É que nas quatro quartas-feiras com jogos da Libertadores no SBT, a Globo decidiu antecipar partidas do Corinthians para exibi-las em TV aberta, concorrendo com a emissora de Silvio Santos.

Leia também:

“A gente ganha R$ 3,5 milhões por cada jogo em TV aberta. E esse dinheiro vai chegar em muito boa hora”, afirma Andrés, referindo-se à parte da receita paga pela Globo pelos direitos de transmissão do Brasileirão. No ano passado, cada partida rendia R$ 1,2 milhão, mas segundo Andrés esse número alcança agora R$ 3,5 milhões.

Só para contextualizar, vale lembrar que as receitas do Campeonato Brasileiro são pagas em três partes: 40% de maneira igual, 30% de acordo com a classificação final do campeonato e mais 30% seguindo o número de partidas exibidas em TV aberta.

Por causa da guerra de concorrência entre SBT e Globo, o Timão viu os jogos contra Vasco, Athletico, Sport e Bahia serem remanejados do pay-per-view para a TV aberta, justificando os R$ 14 milhões a mais vindos da Globo. O Timão já havia tido outros quatro jogos na emissora, contra Fluminense, Fortaleza, Coritiba e Atlético-GO, totalizando oito das 19 partidas na Globo, ou R$ 28 milhões faturados.

Detalhe: a Globo tinha a ideia, antes de o Brasileirão começar, de esconder Corinthians e Flamengo no PPV para tentar recuperar parte dos 500 mil assinantes perdidos durante o período de pandemia. Ou seja, o cenário que se desenhava era igual ao do ano passado, em que o Timão jogaria pouco na Globo e receberia bem menos do que imaginava.

“Deixamos de ganhar uns R$ 50 milhões em 2019 porque só fizemos 12 jogos de 38 na Globo”, relembra Andrés.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos