Identificado homem que foi morto incendiado por R$ 50

Carro da polícia (Foto: Getty Images)
Carro da polícia (Foto: Getty Images)

O homem que morreu após ter o corpo incendiado debaixo de um viaduto foi identificado nesta segunda-feira (15), informou o portal g1.

O caso aconteceu em Ibatiba, no sul do Espírito Santo, na tarde do último sábado (13).

Primeiro, a PM (Polícia Militar) informou que a vítima era um andarilho, mas a família do homem morto encontrou em contato com a reportagem e o identificou como Josias Quinto, de 61 anos.

Os familiares relataram que Josias morava em Ibatiba com um filho e era ajudante em uma oficina mecânica.

O suspeito de atear fogo no homem é um adolescente de 14 anos, que foi apreendido e confessou o ato. Ele tentou fugir, mas foi alcançado pelos agentes.

Josias chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu, mas não resistiu às queimaduras.

À polícia, o adolescente disse que ateou fogo na vítima a pedido de outro andarilho, que lhe ofereceu dinheiro e lhe deu um isqueiro, segundo o portal g1.

À PM, o padrasto do jovem afirmou que ele tem um distúrbio mental e toma remédios controlados.

O andarilho apontado pelo criminoso também foi localizado. Autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo torpe e com emprego de fogo, ele foi encaminhado à prisão.

Com ele, foram encontrados R$ 50 em dinheiro e um isqueiro preto —usado para incendiar a vítima.

Já o adolescente, ainda de acordo com o portal g1, responderá por ato análogo aos mesmos crimes e foi levado para o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases).