Idosa é assassinada e tem o corpo concretado no jardim da própria casa, no Pará

A Polícia Civil do Pará investiga o caso de uma idosa, de 72 anos, que foi assassinada e teve i corpo concretado no jardim da própria casa, no bairro de São Brás, em Belém. Familiares da vítima, identificada como Maria Mendonça dos Santos, acionaram a polícia após notarem o sumiço e a ausência de bens materiais na residência. O corpo foi localizado no último domingo (31).

Educação: Cortes deixam 17 universidades federais sob risco de parar em 2022

'Isso não pode ficar assim': Família de idoso morto ao ser agredido em show de Fábio Jr. pede Justiça

A vítima foi encontrada enterrada no jardim em que ela cultivava um pé de capim-santo. O espaço, segundo a polícia, foi substituído por uma calçada de concreto. O imóvel não tinha sinais de arrombamento.

Em entrevista ao portal O Liberal, vizinhos relataram que a idosa era professora e morava sozinha. Recentemente, ela teria vendido um veículo que possuía e, desde então, não foi mais vista.

— Há dez dias que ela não era vista, até que o irmão chamou a polícia para abrir a porta — disse um parente da vítima ao portal.

Agosto não tem feriado? Veja datas comemorativas do mês que se inicia

Em nota, a polícia informou que diligências estão sendo feitas pela Divisão de Homicídios (DH) para investigar as motivações e identificar responsáveis pelo crime. Qualquer informação sobre o caso pode ser repassada via disque-denúncia 181. O sigilo é garantido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos