Idosa é indiciada pela polícia após receitar 'cura para Covid-19 enviada por anjo', no PR

Louise Queiroga

Uma idosa de 63 anos foi indiciada pelos crimes de curandeirismo e charlatanismo pela Polícia Civil do Paraná (PCPR). Moradora de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, ela receitou uma "cura" para Covid-19, dizendo que as pessoas poderiam colocar "água, vinagre, água sanitária e água oxigenada" em suco para beber.

A mulher disse, em depoimento à polícia, ter recebido essa mensagem na visita de um anjo durante a madrugada.

"Ela estaria acordada e ajoelha rezando, quando o anjo teria aparecido e repassado a receita", informou a corporação em um comunicado, acrescentando que um inquérito policial foi instaurado nesta quinta-feira para apurar a conduta da idosa.

A disseminação de informações falsas foi transmitida ao vivo por meio de uma rede social para cerca de mil espectadores no dia 29 de abril. O vídeo já foi retirado do ar. A idosa foi proibida de veicular a "receita".

Ao tomar conhecimento do fato, a Secretaria Municipal de Saúde denunciou o caso à Promotoria de Justiça, que solicitou investigação policial.

A PCPR ressaltou que todo medicamente precisa ter registro oficial na Agência Nacional de Vigilância Sanitária.