Idoso que atirou em vizinho que limpava calçada se entrega à polícia

Câmera flagrou idoso que atirou em vizinho - Foto: Reprodução/Câmera de Segurança
Câmera flagrou idoso que atirou em vizinho - Foto: Reprodução/Câmera de Segurança
  • Vítima limpava calçada junto com a filha

  • Homem ficou com bala alojada na cabeça e está internado

  • Idoso foi à delegacia com advogado e arma do crime

O homem que atirou no vizinho por varrer sua calçada, em Chapadão do Sul, no Mato Grosso do Sul, foi preso na manhã desta terça-feira (26). Ele mesmo se apresentou à delegacia, junto de seu advogado, e da arma usada no crime.

Ele tinha um mandado de prisão contra ele. A arma foi apreendida e encaminhada para a perícia.

O idoso, de 61 anos, atirou na cabeça do vizinho, de 41, porque o rapaz estava varrendo a calçada em frente à casa dele, no último domingo (24). O momento foi registrado por uma câmera de segurança.

As imagens mostram o atirador saindo no portão de casa e discutindo com o vizinho, que varria a calçada e cortava uma árvore no local.

O rapaz, então, volta para dentro de casa, enquanto o vizinho continua seu trabalho com a ajuda da filha.

Momentos mais tarde, o homem reaparece na calçada, desta vez já empunhando a arma e mirando na direção do vizinho. Ele dispara repetidas vezes, e um dos tiros acerta a cabeça da vítima.

O vizinho tenta fugir e é perseguido pelo atirador. Ele ficou com uma bala alojada no rosto, foi socorrido por moradores da região e levado a um hospital da cidade.

Posteriormente, o rapaz precisou ser transferido para a Santa Casa de Campo Grande, onde continua internado em leito semi-intensivo. Ele está consciente, orientado e aguarda para realizar uma cirurgia.

Bate-boca antes dos tiros

A vítima contou à polícia, por meio de depoimento por WhatsApp, que o vizinho revoltou-se com o fato de ele estar varrendo a calçada na frente da casa dele.

"Pedi para minha filha jogar umas pedras fora. Daí, ele falou: 'A calçada é minha'. Eu respondi: 'Nem a calçada você varre'. O pé de árvore que tinha lá ele tinha deixado cortar. Nisso, ele entrou e já veio armado", relatou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos