Idoso salva criança de 4 anos de ser atropelada por caminhão desgovernado em SP; veja o vídeo

·1 min de leitura
  • Idoso estava com a criança na traseira de uma picape quando o caminhão apareceu

  • Percebendo que o veículo estava desgovernado, ele agarrou a menina e saiu correndo

  • Os dois escaparam do atropelamento por pouco

Um idoso de 73 anos transformou-se em herói na tarde da última terça-feira (30) ao salvar uma garotinha de apenas 4 anos de ser atropelada por um caminhão em Ourinhos, interior de São Paulo.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que o veículo desce desgovernado por uma via e vai em direção ao local em que o homem e a criança estão, sentados na traseira de uma picape.

O senhor percebe a aproximação do caminhão, agarra a menina no colo e sai correndo, escapando por centímetros do atropelamento.

Segundo a Polícia Militar, o veículo apresentou problemas no freio, ficou sem controle e atingiu um poste e dois veículos, inclusive aquele em que estavam o idoso e a garota no estacionamento de uma oficina.

“Nem tive tempo de pensar”

Ao G1, o “herói” Sérgio Aparecido Moreira explicou que é dono do estabelecimento e que a criança, identificada como Sarah, aparece por lá constantemente para brincar nos carros.

“Nem tive tempo de pensar em nada. Quando escutei a gritaria e vi o caminhão descendo, só pensei em pegar a Sarah no colo e sair correndo. Foi por muito pouco, o caminhão passou raspando. Foi por Deus”, relatou.

Sergio ao lado de Sarah - Foto: Arquivo Pessoal
Sergio ao lado de Sarah - Foto: Arquivo Pessoal

Sarah vive na casa ao lado da oficina e, por isso, é presença frequente por lá. A mãe da garota, Vanessa Rosseto, é empresária e possui um comércio na parte térrea da residência vizinha.

“Ela [Sarah] é muito apegada a mim, é grudada em mim e desde pequenininha, gosta de ficar comigo aqui na oficina. Sua mãe sabe que cuidamos e por isso deixa que ela venha sempre aqui”, disse Sérgio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos