Idoso tenta comprar TV e descobre dívida de R$ 440 mil

·1 min de leitura
Delegacia em Campo Grande onde o idoso registrou ocorrência após descobrir dívida em seu nome
Delegacia em Campo Grande onde o idoso registrou ocorrência após descobrir dívida em seu nome (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
  • Um idoso descobriu ter em seu nome uma dívida superior a R$ 440 mil

  • O homem de 66 anos tentou comprar um televisor parcelado

  • Ele procurou a polícia e contou o que havia acontecido, tendo o caso sido registrado como estelionato

Um idoso de 66 anos teve uma surpresa nada agradável ao tentar comprar um televisor parcelado em Campo Grande. Ele descobriu ter em seu nome uma dívida de R$ 440.0789,06 referente a empréstimo.

"Com o que ganho nunca teria condições de fazer empréstimo nesse valor", disse o idoso à polícia, segundo informações do portal G1.

O consumidor fazia cadastro na loja para efetuar a compra, porém o vendedor lhe avisou que não poderia adquirir o televisor porque estava com o nome com restrição nos serviços de proteção ao crédito.

Segundo o portal G1, ele procurou mais informações sobre a dívida e verificou que no nome dele constava o empréstimo em uma financeira privada, cujo valor total poderia ser pago com desconto de até 90%.

O pagamento à vista sairia em R$ 44.0789,06 e, em 48 vezes, as parcelas ficariam em R$ 3.763,17. O idoso tentou mais informações e documentos com a empresa credora, porém, não conseguiu.

Diante da situação, ele procurou a Polícia Civil e contou o que havia acontecido, tendo o caso sido registrado como estelionato, de acordo com o G1.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos