iFood e Zé Delivery são notificados pelo Procon Carioca por exigir valor mínimo de pedidos

RIO - Os serviços de entrega iFood e Zé Delivery foram notificados pelo Procon Carioca a prestar esclarecimento sobre a exigência de valor mínimo para compras nos aplicativos e sites dos serviços de delivery. As empresas têm cinco dias para responder a notificação.

Segundo o órgão municipal do defesa do consumidor, há restaurantes no iFood em que só se pode fazer compras a partir de um valor mínimo preestabelecido. A exigência também foi identificada, diz o Procon, no app e no site do Zé Delivery.

Na avaliação de Igor Costa, diretor executivo do órgão, estipular um valor mínimo para um pedido é uma prática abusiva e viola o Código de Defesa do Consumidor.

Para esclarecer a prática, o Procon Carioca pediu ao iFood e ao Zé Delivery que informem quantos dos estabelecimentos cadastrados nas plataformas exigem valor mínimo para compra e qual o percentual que eles representam do volume total de empresas para os quais prestam serviço.

A entidade quer saber ainda se os consumidores são informados dessa exigência antes da compra, qual seria a a justificativa para a prática e como seria feito o cálculo para estipular o valor mínimo para o pedido

A orientação da entidade é que em caso de dúvidas os consumidores entrem em contato pelo telefone (21) 2976-6853 e 1746 ou pelas redes sociais do Procon Carioca.

Procurados iFood e Zé Delivery ainda não responderam sobre a notificação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos