Iga Swiatek conquista Roland Garros e pede resistência à Ucrânia

Iga Swiatek conquista Roland Garros e pede resistência à Ucrânia

Iga Swiatek sagrou-se campeã, pela segunda vez, em Roland Garros. Depois da vitória em 2020, a tenista polaca bateu Coco Gauff, dos EUA, com os parciais de 6-1 e 6-3, em apenas uma hora e oito minutos de partida.

A número um do ranking mundial, desde a renúncia ao título de Ash Barty, e a sua "saída de cena" anunciada em março, tem somado vitórias, vai na 35ª, e mostrado que é merecedora do lugar que ocupa no topo da classificação da WTA. A sua última derrota remota a fevereiro de 2017, ironicamente em Roland Garros.

No seu emocionado discurso de vitória deixou deixou uma mensagem especial aos ucranianos, pediu-lhes que continuem a resistir.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos