IGP-DI fecha 2021 com inflação acumulada de 17,74%

·1 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.02.2019 - Still de mão segurando uma calculadora científica. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.02.2019 - Still de mão segurando uma calculadora científica. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) fechou 2021 com inflação acumulada de 17,74%. A taxa ficou abaixo da observada no ano anterior (23,08%).

O dado foi divulgado nesta quinta-feira (6) pela FGV (Fundação Getulio Vargas). As informações são da Agência Brasil.

Em 2021, a maior alta de preços foi observada no atacado. O IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que mede o segmento, fechou o ano com inflação de 20,64%.

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor), que mede o varejo, registrou taxa de 9,34% em 2021. Já o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) teve inflação de 13,85% no período.

Em dezembro de 2021, o IGP-DI ficou em 1,25%, acima do índice de novembro, que teve queda de preços de 0,58%, e de dezembro do ano anterior, que registrou inflação de 0,76%.

Entre os segmentos analisados, as taxas registradas foram as seguintes: IPA (1,54%), IPC (0,57%) e INCC (0,35%).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos