Igreja medieval usada como abrigo fica intacta após incêndio no Reino Unido

Igreja medieval permanece em pé em meio a vila destruída. (Foto: BBC via Reuters/Reprodução)
Igreja medieval permanece em pé em meio a vila destruída. (Foto: BBC via Reuters/Reprodução)
  • Edifício fica em Wennington, no Leste de Londres

  • Temperaturas chegaram a 40,3º na capital

  • Igreja medieval permaneceu de pé em meio a incêndio

Em meio aos incêndios causados por uma onda de calor em Londres, na Inglaterra, moradores buscaram refúgio em uma antiga igreja medieval de Wennington, no Leste da capital.

Após a vila ser destruída pelas chamas, a Igreja de Santa Maria e São Pedro permaneceu de pé, nesta terça-feira (19), dia em que a temperatura, que tem causado incêndios pelo país, atingiu seu recorde em Coningsby, Lincolnshire: 40,3ºC.

O morador da cidade Timothy Stock contou para a agência de notícias Reuters como a população se abrigou na igreja. "Abrimos a igreja porque eu tenho as chaves, colocamos todos dentro, as pessoas estavam cobertas de fuligem, estavam bebendo água, mas então isso começou enchendo de fumaça, então tivemos que tirar todo mundo de novo".

Cerca de cem bombeiros combateram as chamas em Wennington, mas 19 casas ficaram destruídas e muitas famílias afirmaram que “perderam tudo”.

"Nós dissemos esta manhã 'não temos nada, tudo se foi'. É um pouco desconcertante, mas eu digo apenas graças a Deus que estamos todos vivos e todos estão bem, você sabe", lamentou o morador.

O calor também assola outras partes da Europa. A Espanha chegou a registrar 45ºC.

'Dia mais cheio desde a 2ª Guerra Mundial', diz prefeito

Em meio a uma intensa onda de calor que atinge a Europa, os bombeiros de Londres, capital da Inglaterra, tiveram o dia mais intenso de trabalho desde a Segunda Guerra Mundial nesta terça-feira (19), disse o prefeito Sadiq Khan.

“Normalmente nós recebemos 350 chamadas por dia, em um dia cheio pode chegar a 500. Ontem os bombeiros receberam mais de 2.600 ligações em um dia”, disse em entrevista.

Londres é uma das quinze áreas do Reino Unido onde foi declarado estado de emergência. A temperatura, que tem causado incêndios pelo país, atingiu seu recorde em Coningsby, Lincolnshire: 40,3ºC.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos