Iluminado de verde, Cristo Redentor lembrará vítimas de acidente de trabalho

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

 

Cristo Redentor é iluminado de verde para comemorar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho   ArquivoFernando Frazão/Agência Brasil

O Cristo Redentor ficará iluminado de verde hoje (27) das 18h às 19h para marcar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho. Segundo dados da Previdência Social, cerca de 700 mil acidentes de trabalho são registrados por ano no país, desde 2012.

Com apoio da Justiça do Trabalho por meio do Programa Trabalho Seguro, a iniciativa tem a finalidade de conscientizar sobre as questões de segurança e saúde do trabalhador, além de alertar sobre a importância da prevenção. 

De acordo com a procuradora do Trabalho e coordenadora regional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho, Juliane Mombelli, eventos como esse são muito importantes para chamar a atenção da sociedade para a questão dos acidentes de trabalho, que são um problema de saúde pública.

“Estudos demonstram que os acidentes potencialmente fatais ou incapacitantes acometem, em especial, trabalhadores jovens em idade produtiva, gerando graves consequências sociais e econômicas para o país”, disse a procuradora.

Para o gestor do Programa Trabalho Seguro e desembargador Leonardo Dias Borges, muitos dos processos decorrentes de acidentes e doenças do trabalho que chegam diariamente ao Judiciário trabalhista poderiam ser evitados com uma sólida política de prevenção que agregue esforços da sociedade civil, empresas, governo e trabalhadores.

“Atrás de cada processo estão vidas, que muitas vezes precisam arcar com consequências irreversíveis de acidentes. Nossa preocupação vai além dos números, para alcançar o ser humano e a necessidade de desenvolver plenamente sua capacidade laboral, com segurança e integridade física e mental”, afirmou o magistrado.

O reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo, disse que é preciso lembrar também que cada acidente e doença sofridos por alguém tem sérios reflexos não só para a sociedade e a economia do país, mas principalmente, para aquele indivíduo e seu núcleo familiar.

“É necessária a prevenção, para defendermos a integridade da vida e buscarmos condições ideais para o bom desempenho de todas as profissões”, destacou o padre Omar.

Além da iluminação do Cristo, será realizada uma oração em memória das vítimas de acidentes e doenças do trabalho, no Santuário do Cristo Redentor.