Imã influente morre em explosão em mesquita no Afeganistão

Uma explosão abalou uma mesquita na cidade afegã de Herat nesta sexta-feira, matando seu influente imã e outras pessoas, de acordo com o governo do Talibã e a principal emissora privada do país.

Mujib ur Rahman Ansari, um importante imã e simpatizante do Talibã, foi morto em "um ataque brutal nesta sexta-feira em Herat", disse o porta-voz do governo, Zabihullah Mujahid, no Twitter.

"O Emirado Islâmico expressa seu profundo pesar por sua morte e os responsáveis por este incidente serão punidos por seus atos de ódio", prometeu.

A explosão ocorreu na mesquita de Gazargah, uma das principais mesquitas de Herat, da qual Ansari era o imã, e causou muitas outras vítimas, informou o TOLOnews, o principal canal privado do país.

Imagens postadas nas redes sociais mostram o que parecem ser corpos ensanguentados espalhados pelo terreno da mesquita.

No pódio de uma reunião de dignitários religiosos em Cabul no início de julho, Ansari declarou que qualquer um que tentasse derrubar o regime talibã deveria ser decapitado.

"Esta bandeira (do Talibã) não foi facilmente hasteada e não será facilmente baixada", disse ele.

"Todos os estudiosos religiosos no Afeganistão devem concordar... que quem cometer qualquer ato contra nosso governo islâmico deve ser decapitado e morto", disse ele.

jd-fox/pc/mis/es/aa