Imagens do Telescópio James Webb são transformados em sons

NASA: As faixas - incluindo traduções de imagens da Nebulosa Carina e da Nebulosa do Anel Sul - usam a chamada sonificação para transformar imagens e dados do James Webb em experiências de áudio (Getty Creative)
NASA: As faixas - incluindo traduções de imagens da Nebulosa Carina e da Nebulosa do Anel Sul - usam a chamada sonificação para transformar imagens e dados do James Webb em experiências de áudio (Getty Creative)
  • NASA oferece uma adaptação sonora das imagens e registros infravermelhos em cores enviados pelo James Webb;

  • Faixas usam a chamada sonificação para transformar imagens e dados em experiências de áudio;

  • Processo é conduzido principalmente por cientistas, músicos e até pessoas com deficiências visuais.

A NASA disponibilizou aos fãs do espaço uma nova maneira de experimentar as observações: uma adaptação sonora das imagens e registros infravermelhos em cores enviados pelo Telescópio Espacial James Webb.

As faixas - incluindo traduções de imagens da Nebulosa Carina e da Nebulosa do Anel Sul - usam a chamada sonificação para transformar imagens e dados em experiências de áudio. O processo é conduzido principalmente por cientistas, músicos e até pessoas com deficiências visuais.

De acordo com informações do portal Tecmundo, as composições são feitas por Matt Russo, músico e professor de Física da Universidade de Toronto (Canadá), e seu colaborador Andrew Santaguida.

"A música toca nossos centros emocionais Nosso objetivo é tornar as imagens e os dados do Webb compreensíveis através do som - ajudando os ouvintes a criar suas próprias imagens mentais", declarou Russo.

O portal CNET descreve alguns dos sons: Os "Penhascos Cósmicos" da Nebulosa Carina, um objeto celestial impressionante cheio de estrelas, gás e poeira, torna-se um palato de som cintilante e sinfônico. O gás e a poeira têm tons semelhantes a drones. A parte inferior laranja e vermelha da imagem é melódica. Pontos de luz brilhante são mais altos em tom. A Nebulosa do Anel do Sul assume um som estranho, como música eletrônica experimental feita em um túnel com músicos de cordas afinando. As estrelas brilhantes fazem ruídos distintos, como cordas de piano dedilhadas.

Belezas da NASA

Aproveitando o clima de missões lunares, a NASA compartilhou seu acervo com cerca de 35 mil fotos restauradas digitalmente da primeira missão lunar, a Apollo.

A NASA afirmou que pretende retornar ao satélite somente em 2025. Até lá dificilmente teremos novas imagens realizadas por astronautas em solo lunar, então as milhares de imagens da NASA são tudo que temos para saciar a curiosidade. Restauradas pelo britânico Andy Saunders, as fotos estavam guardadas há 50 anos no Johnson Space Center em Houston.