Imagens de Lula no debate da Globo não mostram que ele tenha usado ponto eletrônico

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não utilizou um ponto eletrônico durante o debate presidencial para as eleições de 2022 realizado pela Rede Globo em 28 de outubro. No entanto, em um vídeo compartilhado mais de 35 mil vezes em redes sociais no dia seguinte ao evento, um homem faz essa alegação e assinala, como prova, um formato oval visto no ouvido do ex-mandatário. Mas uma análise de imagens de Lula durante o debate e em outras ocasiões mostrou que a protuberância destacada é parte de sua orelha. À AFP, a Rede Globo negou que o petista tenha feito uso do dispositivo.

“INACREDITÁVEL! Então parece que o Lula estava com ponto eletrônico no debate?? Isso estava permitido?”, diz uma das publicações compartilhadas no Twitter, no Facebook e no TikTok.

O conteúdo também chegou ao WhatsApp do AFP Checamos, para onde os usuários podem enviar conteúdos vistos em redes sociais, se duvidarem de sua veracidade.

Captura de tela feita em 29 de outubro de 2022 de uma publicação no TikTok ( .)

No vídeo viralizado nas redes, um homem diz que “Lula estava com um ponto eletrônico no debate da Globo” e, para comprovar sua afirmação, aponta para um trecho da gravação em que aparece a orelha do candidato petista.

Essa alegação também circulou após o debate promovido pelo pool formado por Band TV, Folha de S.Paulo, TV Cultura e UOL, em 16 de outubro de 2022, e foi verificada pelo AFP Checamos.

Uma análise dos registros fotográficos feitos pela AFP (1, 2) durante o programa da Globo, usando a funcionalidade “lupa” da ferramenta InVID-WeVerify, não mostra a presença do ponto eletrônico, mas de uma protuberância na orelha de Lula.

Aplicação da funcionalidade “lupa” da ferramenta InVID-WeVerify sobre uma foto da AFP feita no debate de 28 de outubro de 2022

A mesma protuberância aparece em diversas outras fotos do candidato, feitas em dias anteriores e em diferentes eventos (1, 2, 3).

Candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) discursa em evento em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 9 de outubro de 2022 ( AFP / Douglas Magno)

Procurada pela AFP, a assessoria da Rede Globo explicou que “faz uso do ponto eletrônico para atender exclusivamente aos seus apresentadores e comentaristas durante suas produções, assim como fez no debate presidencial. Para este uso é requerida a instalação de antenas e transmissores de baixa potência na parte interna do estúdio”.

No entanto, a emissora ressaltou que “este serviço não foi oferecido, solicitado ou sequer disponibilizado para nenhum dos candidatos” e que “seria impossível a qualquer candidato operar um ponto eletrônico de fora do estúdio, pois as paredes blindadas impedem a entrada de radiofrequência”.

“Acrescente-se que nos estúdios entraram apenas três assessores de cada candidato e um fotógrafo, monitorados o tempo todo por um produtor”, complementou a Globo.

Neste fim de semana, o AFP Checamos se uniu a outras 6 iniciativas de checagem de fatos no Brasil para verificar conjuntamente desinformação sobre as eleições. A parceria CheckBR reúne também Aos Fatos, Boatos.org, Comprova, E-Farsas, Fato ou Fake e Lupa.