Imagens mostram assassino próximo a advogado morto no Centro do Rio minutos antes do crime

Quatro minutos antes de o advogado Victor Stephen Coelho Pereira, de 27 anos, ser brutalmente assassinado na estação do Saara do VLT, na última sexta-feira (22/07), câmaras de segurança registraram a imagem de ele caminhando ao lado do homem que o matou. Vídeo obtido com exclusividade pelo GLOBO mostra Victor e o assassino andando na Rua da Constituição, às 23h53, no sentido Praça da República. O advogado tinha saído de um pagode na Praça Tiradentes, onde esteve com amigos do escritório de advocacia para comemorar um aniversário.

Apelo desesperado: 'Por favor, não me bate', implorou advogado morto no Centro do Rio; vídeo mostra momento do crime

Novo vídeo mostra fuga de assassino: Duas testemunhas viram advogado ser morto no Centro do Rio

Perfil: Morto no Centro do Rio era advogado, tinha 27 anos e saía de festa quando foi esfaqueado

Na segunda-feira, O GLOBO obteve imagens fortes e exclusivas mostrando a crueldade do assassino. Além de agredi-lo, o criminoso ainda o golpeou com uma faca. O flagrante revela ainda que Victor tentou fugir de seu algoz, chegando a engatinhar pela estação, até cair no chão de vez, às 23h57. A ação durou cerca de 20 segundos. Uma testemunha contou que o rapaz implorou para que o homem parasse de bater nele. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) já recolheu vários vídeos, inclusive os que mostram vítima e agressor andando juntos no Centro.

Desabafo: 'Foi um crime bárbaro', diz professora em despedida a advogado morto no Centro do Rio

Numa das cenas, quando ambos estão caminhando pela Rua da Constituição, o homem aparece falando ao celular, enquanto o advogado dá uma ligeira parada para acender um cigarro. O primeiro também diminui o passo e espera Victor, para depois prosseguirem até a Praça Tiradentes, onde ocorreu o crime. A rua não estava tão vazia, apesar de haver pouca iluminação. Um casal chega a passar por ambos no sentido contrário.

A DHC já ouviu várias pessoas, inclusive duas testemunhas que viram o homem flagrado por câmeras matando o advogado. Uma delas é uma mulher que estava sentada na estação Saara aguardando o VLT. A testemunha só percebeu a presença dos dois no local, quando o agressor perseguia Victor. Ela chegou a se levantar do banco, ficando paralisada ao perceber que o rapaz sangrava após o ataque. Durante a fuga, o assassino chegou a tropeçar no trilho do VLT, pegando o rumo da Rua do Senhor dos Passos.

Em um mês: Após morte de advogado no Centro do Rio, PM diz que apreendeu quase 200 armas brancas na região

Ao sair correndo, o criminoso cruza com um segurança do Saara, no sentido contrário. Arisco, o assassino, se movimenta pelo canto, colado às lojas, para não ser flagrado pelas câmeras de segurança do comércio. Além de estar vestido de casaco e calça, ele usa boné. Em poucos minutos, o segurança retorna correndo, provavelmente, por ter visto que houve um homicídio na estação. Essa testemunha também foi ouvida pela Delegacia de Homicídios.

Os investigadores querem entender por que o homem acompanhou o advogado, depois que ele saiu do pagode. Segundo a polícia, a vítima teve a carteira e o celular roubados. As imagens mostram o assassino revistando os bolsos de Victor, depois de esfaqueá-lo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos