Sobe para 72 o número de mortos pelo suposto ataque químico na Síria

Cairo, 5 abr (EFE).- O número de mortos pelo suposto bombardeio químico ocorrido na terça-feira, na cidade de Jan Shijun, no norte da Síria, subiu para 72 pessoas, entre elas 20 crianças, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG alertou que nas últimas horas aconteceram novos bombardeios em Jan Shinjun, realizados por aviões de guerra não identificados. EFE

mp/phg