IML fará exames complementares para descobrir o que causou a morte da mulher que faria a segunda sessão de hidrolipo

·2 min de leitura

RIO - O Instituto Médico Legal (IML) fará exames laboratoriais complementares para descobrir a causa da morte da empregada doméstica Maria Jandimar Rodrigues, de 39 anos, que seria submetida à segunda sessão de hidrolipo, nesta sexta-feira, mas morreu minutos após a anestesia, e foi socorrida por bombeiros na calçada do Carioca Shopping, em Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio, onde funciona a clínica que faz o procedimento estético. A família aguarda a liberação do corpo e o sepultamento está marcado para este domingo, às 11h45, no Cemitério de Inhaúma.

O caso foi registrado na 27ª DP (Vicente Carvalho), que instaurou inquérito para apurar a causa da morte. Os agentes da Polícia Civil estão coletando depoimentos e realizando diligências para esclarecer os fatos. Eles estiveram na clínica, na tarde deste sábado.

Logo após iniciar a primeira sessão de hidrolipo, na semana passada, a vítima passou muito mal durante o procedimento feito nas costas. A cena foi filmada por uma funcionária da clínica e enviada para paciente. A segunda sessão, que não chegou a ser concluída, seria para retirar gordura da região abdominal. De acordo com familiares, Maria recebeu indicações da clínica através de amigas.

Filha de Maria Jandimar, a atendente Brenda Rodrigues, de 21 anos, aguardava sua mãe concluir a intervenção na recepção e a filmou sendo socorrida na calçada do Carioca Shopping, em Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio, sem saber de quem se tratava. Ela conta que quando perguntou ao médico Brad Alberto Castrillion Sanmiguel, que olhava de longe o que estava acontecendo, foi informada por ele que era apenas um funcionário do prédio. Só soube de quem se tratava depois que policiais disseram.

Após o fato, o delegado Ricardo Barbosa, titular da 27ª DP, disse que o médico apresentou todos os documentos legais de funcionamento da clínica. O GLOBO vem tentando contato com Brad Alberto por telefone desde sexta, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos