Impasse nas conversações indiretas Irão e EUA sobre o nuclear

Impasse nas conversações indiretas Irão e EUA sobre o nuclear

As negociações indiretas entre o Irão e os Estados Unidos sobre o acordo nuclear terminaram sem quebrar o impasse nas conversações.

O Departamento de Estado norte-americano e a União Europeia, que mediou as reuniões no Qatar, não reconheceram o fim dos encontros, mas a Agência Tasnim, iraniana, anuncia o processo como concluído e sem resultados.

O Representante Especial dos EUA, Rob Malley, falou aos iranianos através do oficial da UE, Enrique Mora, durante as conversações. Mora levou então mensagens ao principal negociador nuclear iraniano, Ali Bagheri Kani.

A Tasnim alegou que a posição americana não incluía "uma garantia para o Irão beneficiar economicamente do acordo", citando o que descreveu como "fontes informadas" não designadas.

O Irão e as potências mundiais concordaram em 2015 com o acordo nuclear, que viu Teerão limitar drasticamente o seu enriquecimento de urânio em troca do levantamento das sanções económicas. Em 2018, o então presidente, Donald Trump, retirou unilateralmente a América do acordo,

Há dois dias, o Irão reconheceu que estava a realizar conversações indiretas com os Estados Unidos para reavivar o acordo nuclear.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos