Imprensa internacional repercute invasão ao Capitólio e responsabiliza Trump

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Alguns dos principais veículos de imprensa do mundo não economizaram em suas capas e manchetes que tratam da invasão de apoiadores do presidente Donald Trump ao Capitólio, ocorrida nesta quarta-feira (6). O jornal americano Washington Post, por exemplo, estampa na manchete nesta quinta (7): "Multidão de Trump invade o Capitólio". O termo utilizado para multidão, "mob", também é usado no jargão popular como sinônimo de máfia, gangue. "Presidente incita grupo a atos de insurreição, violência", completa a publicação. O temo "mob" também aparece na capa do New York Times. "Trump incita a multidão", publica o jornal. Outro veículo que usa a palavra "mob" em sua primeira página é o britânico The Guardian. "Caos em invasão ao Capitólio por multidão pró-Trump", escreve o jornal em sua manchete. Ainda na Inglaterra, o Times estampou: "Capitólio americano sob sítio". Revistas também foram enfáticas nas críticas ao presidente americano. A revista britânica The Economist publicou sua edição semanal com a manchete "O legado de Trump", acompanhada de uma foto em que um apoiador do republicano aparece sentado na mesa principal do Congresso dos Estados Unidos.