Jorge Jesus entregou o cargo no Benfica, diz imprensa de Portugal

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Flamengo
    Flamengo
  • Jorge Jesus
    Treinador e ex-futebolista português
Após Flamengo fechar com Paulo Sousa, Jorge Jesus fica livre no mercado. Foto: Bruna Prado/Getty Images
Após Flamengo fechar com Paulo Sousa, Jorge Jesus fica livre no mercado. Foto: Bruna Prado/Getty Images

Um dos nomes mais falados nos últimos dias, Jorge Jesus parece estar desempregado. O treinador português que era prioridade no Flamengo, entregou o cargo e não dirige o Benfica no clássico diante do Porto, na próxima quinta-feira.

A informação foi dada por vários veículos como o canal SIC Notícias, e pelos jornais Record, A Bola e O Jogo.

Leia também:

Segundo o periódico Record o estopim para a saída do treinador teria sido o afastamento de Pizzi. Com a notícia, o grupo dos encarnados se recusou a treinar nesta terça-feira (28).

Fora do jogo que decretou a eliminação na Taça de Portugal, contra o mesmo Porto, o meio-campista que estava suspenso criticou o treinador.

Com toda a confusão, Jesus cancelou o treinamento e colocou o cargo à disposição, por considerar que não tem mais condições de comandar os jogadores do Benfica.

A oficialização da saída deve acontecer ainda nesta terça-feira com o técnico abrindo mão da multa rescisória, mas ele seguiria recebendo até acertar com um novo clube.

O auxiliar Nelson Veríssimo, que já assumiu a equipe principal no fim da temporada 2019/20, deve comandar o time na partida contra o Porto.

Reviravolta pode acontecer e Mister desembarcar no Flamengo?

Sem esconder que a prioridade era a volta de Jorge Jesus, o Flamengo que acertou com Paulo Sousa no fim de semana, pode voltar atrás na decisão.

O imbróglio com a federação polonesa, que faz jogo duro para liberar o treinador português, pode ser uma boa desculpa para uma mudança de rumos, já que o Rubro-Negro ainda não fez o anuncio oficial.

Outro clube que acompanha a situação é o Atlético-MG, que poderia tentar o português após a saída de Cuca.

Nesse caso a situação é um pouco mais difícil já que Jorge Jesus sempre afirmou que só voltaria ao Brasil para comandar o Flamengo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos