Incêndio atinge imóveis comerciais na região da rua 25 de Março, em SP

SÃO PAULO, SP, 11.07.2022 - Fumaça de incêndio na região da 25 de Março vista na avenida Ipiranga, na República. (Foto: Cristina Camargo/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 11.07.2022 - Fumaça de incêndio na região da 25 de Março vista na avenida Ipiranga, na República. (Foto: Cristina Camargo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dezenas de bombeiros combatem um incêndio de grandes proporções desde as 21h deste domingo (10) em prédios comerciais na rua Barão de Duprat, na região da rua 25 de Março —​centro popular e comercial da capital paulista.

No início da ocorrência, trinta viaturas foram deslocadas para apagar as chamas. Dois bombeiros sofreram queimaduras de segundo grau e foram atendidos no pronto-socorro do Tatuapé.

​O fogo já destruiu uma loja e consome os dez andares de um prédio. Desde a madrugada a fumaça preta provocada pelo incêndio é vista a quilômetros de distância e chama a atenção de moradores da região central e até da avenida Paulista. Várias pessoas publicaram vídeos, fotos e relatos nas redes sociais.

No início da manhã desta segunda (11) as chamas ainda persistiam e, segundo os bombeiros, havia o risco de o fogo espalhar para outros imóveis —quatro deles foram atingidos. A corporação monitora também o risco de desabamento do edifício.

Entre os imóveis atingidos, havia uma igreja embaixo, que teve desabamento parcial, segundo os bombeiros. Uma loja e um prédio comercial de cinco andares também foram tomados pelas chamas.

De acordo com a corporação, o prédio não tinha AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). A prefeitura informou que a edificação é de 1948, portanto tem 74 anos. No térreo funcionavam lojas e nos demais andares escritórios.

Segundo a SPTrans, o incêndio afetou a circulação dos ônibus noturnos na região e linhas precisaram ser desviadas. Na manhã desta segunda (11) seis linhas que trafegam na região central estão sendo desviadas.

Há bloqueios para o trânsito na rua Cavalheiro Basílio Jafet, acesso à rua 25 de Março; rua da Cantareira com avenida Senador Queiroz; rua Barão de Duprat com as ruas da Cantareira, Afonso Kherlakian, Assad Abdalla e Carlos de Souza de Nazaré; e avenida Prestes Maia com a rua Carlos de Souza Nazaré.

Também na noite de domingo os bombeiros combateram um incêndio em prédio comercial no cruzamento da rua Huert Bacelar com a travessa do Orfanato, no Ipiranga. Nove viaturas foram para o local. O fogo foi extinto às 2h30.

Em dezembro de 2018, um incêndio consumiu um prédio comercial de três andares no centro de São Paulo. Não houve vítimas. Naquela ocasião, o fogo destruiu uma loja de tecidos na esquina das ruas Jorge Azem e Cavalheiro Basílio Jafet, também na região da rua 25 de Março.

Há um mês, um incêndio atingiu apartamento no sexto andar de prédio residencial no número 400 da avenida 9 de Julho, na Bela Vista, também na região central de São Paulo. O fogo provocou gritaria e buzinaço na região.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos