Incêndio em duto marítimo da Pemex é controlado após mais de 5 horas

·1 minuto de leitura
Logo da Pemex em instalação da empresa em Monterrey

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Com a ajuda de três embarcações de combate a incêndios e após cinco horas e meia, membros da estatal mexicana Pemex conseguiram controlar nesta sexta-feira um vazamento de gás em um gasoduto subaquático que provocou um incêndio nas águas do Golfo do México, afirmou a empresa.

O incidente começou às 5h15 (horário local), no oleoduto marinho que conecta duas plataformas do complexo Ku Maloob Zaap (KMZ), o maior produtor de petróleo da Pemex, diante do Estado de Campeche, no sudeste do país.

A estatal explicou em comunicado que, após o fechamento das válvulas de interligação dos dutos, a contingência foi encerrada por volta das 10h45, e as condições normais de operação foram restauradas. Não houve relatos de feridos.

A KMZ representa mais de 40% dos 1,68 milhão de barris de produção diária (bpd) de petróleo da Pemex. O complexo produzia 726 mil bpd de óleo no momento do incidente, segundo relatório interno da empresa, divulgado por uma fonte.

A Pemex garantiu que fará uma análise para encontrar as causas do incidente.

(Relatório de Adriana Barrera e Marianna Párraga)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos