Incêndio em hospital com pacientes de Covid mata ao menos 42 e fere 60 no Iraque

·1 minuto de leitura

NASSIRIYA, Iraque (Reuters) - Pelo menos 42 pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas em incêndio em um hospital com pacientes de Covid-19 na cidade de Nassiriya, no sul do Iraque, afirmaram autoridades policiais e de saúde nesta segunda-feira.

"Equipes médicas carregaram corpos carbonizados para fora do hospital em chamas enquanto muitos pacientes tossiam com a fumaça", afirmou repórter no local do incêndio.

Segundo a agência de notícias estatal iraquiana, fontes do ministério disseram que as operações de busca no Hospital al-Hussain estavam em andamento após o incêndio ser controlado.

"O fogo aprisionou muitos pacientes dentro da ala de coronavírus e equipes de resgate estavam tendo dificuldades para chegar até eles", disse uma profissional de saúde à Reuters antes de entrar no edifício em chamas.

Informações iniciais da polícia sugeriram que uma explosão de um tanque de oxigênio dentro da ala destinada ao tratamento da Covid-19 foi a provável causa do incêndio, segundo um policial na cena do incêndio.

Fontes da área sanitária disseram que o número de mortos ainda poderia subir. Dois profissionais de saúde estão entre os mortos.

Em abril, um incêndio causado por uma explosão de tanque de oxigênio em um hospital destinado a vítimas da Covid-19 em Bagdá causou 82 mortes e deixou 110 feridos.

(Por repórter da Reuters em Nassiriya, Alaa Swilam e Nayera Abdallah)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos