Incêndio em prédio deixa ao menos 27 mortos no Japão, diz imprensa local

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 27 pessoas morreram em incêndio em um prédio comercial de oito andares em Osaka, no Japão, nesta sexta-feira (17). Segundo a imprensa local, a polícia investiga suspeita de incêndio criminoso.

Há relato de que um homem começou o incêndio, segundo a Kyodo News. Fontes ligadas à investigação disseram que um homem entrou no prédio com uma embalagem, supostamente com líquido inflamável. Ele seria paciente de uma clínica geral e de saúde mental que funcionava no local.

Um oficial do Corpo de Bombeiros de Osaka disse à AFP que 27 pessoas sofreram parada cardíaca e foram levadas a um hospital. Uma pessoa ferida foi socorrida.

O incêndio começou logo após a abertura do prédio, por volta das 10h, no quarto andar. O fogo foi apagado em 30 minutos.

Um vídeo mostra fumaça saindo das janelas do quarto andar e do telhado, além de janelas em chamas e carbonizadas. Imagens de televisão mostraram dezenas de bombeiros trabalhando no prédio após a extinção do incêndio.

"Quando olhei para fora, vi chamas laranja na janela do quarto andar do prédio. Uma mulher estava acenando com as mãos, pedindo ajuda da janela do sexto andar", disse uma mulher que trabalha em uma empresa próxima.

Outra mulher disse ter visto fumaça saindo da janela e informou que a energia caiu brevemente na região.

Localizado em um bairro comercial e de entretenimento, o prédio também abriga um salão de beleza, uma loja de roupas e uma escola de inglês.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos