Incêndio em prédio residencial de Buenos Aires deixa ao menos 5 mortos

GUARULHOS, SP (FOLHAPRESS) - Um incêndio em um edifício residencial no bairro Recoleta, em Buenos Aires, na manhã desta quinta-feira (23) provocou a morte de ao menos cinco pessoas, de acordo com informações do Sistema de Atenção Médica e Emergências (Same). Outros 35 moradores ficaram feridos e foram levados para hospitais.

O jornal argentino La Nación informou que, das vítimas, três eram menores de idade. Há ao menos sete crianças feridas, e um homem de 52 anos está em estado crítico. O fogo teria começado no sétimo e no oitavo andares do edifício de 14 andares.

Testemunhas relataram que o incêndio teve início às 5h. As vítimas foram retiradas vivas do local, mas morreram a caminho do hospital. Mais de 20 viaturas foram enviadas ao prédio para combater as chamas, segundo reportagem da rede CNN.

A causa do incêndio, que já foi controlado, ainda é desconhecida.

Ainda segundo o La Nación, as vítimas do incêndio eram todas de uma mesma família conhecida na comunidade judaica argentina. O edifício fica próximo da Associação Mutual Israelita Argentina (Amia).

A Agência Judaica de Notícias, citando o presidente da Amia, Amos Linetzky, afirma que se trata da família Jabbaz. A avó, a mãe e três filhos morreram no incidente, enquanto Ioni, o pai, está na UTI. ​Em uma rede social, a organização lamentou o episódio e prestou solidariedade às vítimas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos