Incêndio florestal ainda sem controle ameaça milhares de casas na Califórnia

Por Mike Blake
bombeiro combate incêndio na Califórnia 05/12/2017 REUTERS/Jonathan Alcorn

Por Mike Blake

VENTURA, Estados Unidos (Reuters) - Um incêndio florestal descontrolado, alimentado por ventos quentes e secos da região de Santa Ana, ameaçava mais de 12 mil casas dentro e ao redor de Ventura, na Califórnia, nesta quarta-feira, obrigando milhares de pessoas a fugir em busca de segurança.

O fogo, conhecido como Incêndio Thomas, se deflagrou nas colinas acima e no interior da cidade de Ventura, localizada cerca de 80 quilômetros ao noroeste de Los Angeles, disseram autoridades dos bombeiros no final de terça-feira, um dia após o início do incêndio.

"Ainda estamos no meio de uma luta agressiva e ativa com o fogo no local", disse Robert Welsbie, porta-voz do corpo de bombeiros. "Se o vento aumentar, teremos um desafio e tanto".

O incêndio, que sequer começou a ser contido, está sendo atiçado por ventos imprevisíveis de Santa Ana, que sopram do deserto da Califórnia. Há previsões de rajadas de até 115 quilômetros por hora, que devem continuar intensas ao longo da semana, nesta quarta-feira.

Não surgiram relatos imediatos de mortes, disse Welsbie.

"O público fez um trabalho incrível atendendo nossas ordens de retirada, saindo das zonas de perigo."

Cerca de mil bombeiros estão lutando para salvar as moradias das chamas. Um dele sofreu um ferimento leve, foi tratado e liberado, segundo Welsbie.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou um estado de emergência, liberando fundos estaduais e recursos para assistência.

Mais de 250 mil residências estão sem energia, informaram prestadoras de serviço. Todas as escolas do distrito escolar unificado de Ventura cancelaram as aulas nesta quarta-feira.

O Incêndio Thomas é o maior de vários que irromperam no sul do Estado devido aos ventos de Santa Ana. 

No Vale de San Fernando, ao norte de Los Angeles, o chamado Incêndio Creek forçou a retirada de 2.500 casas.

O prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, também declarou um estado de emergência na cidade.