Incêndio mata 12 membros de uma família em cidade maia na Guatemala

Doze membros de uma família, incluindo seis crianças, morreram nesta terça-feira (6) de intoxicação após o incêndio em uma casa precária em uma cidade indígena no oeste da Guatemala, informaram equipes de resgate.

O incêndio ocorreu de madrugada no município maia de Magdalena Milpas Altas, cerca de 40 km por estrada ao oeste da Cidade da Guatemala, disse Bayron Morales, porta-voz dos Bombeiros Voluntários, à imprensa.

"Infelizmente 12 pessoas morreram por inalação de monóxido de carbono", acrescentou.

Cecilio Chacaj, porta-voz dos Bombeiros Municipais Departamentais, destacou que os mortos são "membros de uma família" e, segundo vizinhos, o fogo possivelmente teve origem em um fogão a lenha que estava aceso desde a noite anterior.

As vítimas são quatro mulheres e dois homens adultos, além de seis menores, incluindo um bebê de quatro meses e duas meninas de quase um ano, segundo uma lista fornecida pelos socorristas.

Imagens divulgadas pelos órgãos de socorro mostraram os danos na casa causados pelo incêndio. Ao final do resgate dos corpos, os bombeiros realizaram uma oração no local da tragédia.

hma/gm/aa