Incêndio mata ao menos nove pessoas em centro de reabilitação no RS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um incêndio provocou a morte de ao menos nove pessoas em uma clínica de reabilitação de dependentes químicos em Carazinho, na região norte do Rio Grande do Sul, na madrugada desta sexta-feira (24). Duas pessoas estão desaparecidas.

O fogo começou por volta das 23h de quinta-feira (23), em um dos quartos do Cetrat (Centro de Tratamento e Apoio a Dependentes Químicos).

A identidade das vítimas não foi divulgada até o momento. Segundo a polícia, 15 pacientes estavam no local. O Corpo de Bombeiros informou que havia também funcionários na clínica. Quatro pessoas chegaram a ser levadas para um hospital, mas não resistiram.

"O município está sofrendo e não deixará de prestar todo o apoio, tudo o que estiver ao alcance faremos para minimizar o sofrimento dos familiares", disse o prefeito Milton Schmitz ao Diário da Manhã de Carazinho. Schmitz esteve no local para acompanhar o trabalho dos bombeiros.

Além dos bombeiros, policiais civis, militares e Defesa Civil foram para o local. Peritos atuaram na madrugada para investigar a causa do incêndio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos