Incêndio nos arredores do aeroporto de Guarulhos é controlado

SÃO PAULO — O incêndio que destruiu galpões nos arredores do Aeroporto Internacional de Guarulhos, iniciado na noite de quarta-feira, foi controlado pelo Corpo de Bombeiros, embora as chamas tenham reiniciado em pequena proporção na tarde desta quinta-feira. Não houve vítimas.

O fogo, que teria começado após às 19h30 em um galpão de utilidades domésticas na Rua São Miguel dos Campos, no bairro de Vila Barros, chegou a ter grandes proporções e atingiu imóveis vizinhos. Os galpões foram destruídos pelas chamas.

Ao todo, ao menos 28 carros e 90 agentes atuaram no local. Houve também apoio de policiais, prefeitura de São Paulo, Guarda Civil Metropolitana, Defesa Civil, EDP e Sabesp.

Ainda nã se sabe a causa do incidente. O incêndio perdurou ao longo da noite e pela manhã ainda atuavam no local cinco equipes dos bombeiros para combater os focos remanescentes. O fogo foi totalmente apagado no início da tarde desta quinta, mas houve uma reignição por volta das 15h. Há um carro dos bombeiros no local.

Durante a noite, moradores na região do incêndio chegaram a ser retiradas de suas casas pela prefeitura de Guarulhos, mas nenhuma família ficou desabrigada, segundo a gestão do prefeito Guti (PSD).

O incêndio não afetou as operações aéreas do terminal porque o vento sopra na direção contrária à do aeroporto, segundo a concessionária GRU Airport.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos