Incêndio em poço ilegal de petróleo mata 15 pessoas na Indonésia

Moradores observam o incêndo no poço ilegal de petróleo de Peureulak, na Indonésia

Um incêndio em um poço ilegal de petróleo na província indonésia de Aceh matou ao menos 15 pessoas e deixou dezenas de feridos, informaram as autoridades do país do sudeste asiático nesta quarta-feira.

Um vazamento de petróleo provocou um enorme incêndio por volta da 01H30 local (15H30 Brasília de terça-feira) em um bairro residencial da província de Aceh, no extremo norte da ilha de Sumatra.

O fogo destruiu várias casas e no início da tarde os bombeiros ainda lutavam contra as chamas.

O número de mortos subiu de 10 para 15, de acordo com a unidade local da Agência Indonésia de Gestão de Catástrofes.

"Várias pessoas estavam cavando no poço quando, de repente, o incêndio foi declarado e aconteceu uma explosão", afirmou o porta-voz da polícia, Setyo Wasisto.

Ao menos 40 pessoas gravemente feridas foram levadas para os hospitais da região.

De acordo com as autoridades, o fogo pode ter sido provocado por um cigarro.

Os bombeiros lutavam contra as chamas com a ajuda de funcionários enviados pela empresa estatal de petróleo Pertamina, equipados com material especial para este tipo de acidente.

A parte oriental de Aceh tem numerosos pontos de extração de petróleo, que muitas vezes são explorados ilegalmente pela população local.