Incêndios consomem quase 9 mil hectares de florestas na Guatemala

·1 minuto de leitura
Foto divulgada pelo Exército da Guatemala mostra visão aérea do incêndio florestal no vulcão Atitlan, 170 km a oeste da Cidade da Guatemala, em 10 de março de 2021

Um total de 488 incêndios consumiram 8.994 hectares de florestas na Guatemala desde dezembro, o que também causou a morte de três socorristas da defesa civil, informou a entidade neste sábado (15).

O porta-voz da Coordenadoria de Redução de Desastres (Conred), David de León, disse à AFP que em todo o país foram apagados 322 incêndios florestais e 166 incêndios não florestais.

"Devido a todos esses eventos, foi registrado um total de 8.993,84 hectares consumidos no país" de dezembro até a última sexta-feira, afirmou.

Os departamentos (províncias) mais afetados são Guatemala (centro, onde está localizada a capital), Quiché (norte) e Huehuetenango (oeste) com 133, 51 e 42 casos registrados, respectivamente.

No entanto, os territórios com mais danos são Quiché, Petén (norte) e Sololá (oeste) com 2.756, 1.670 e 894 hectares consumidos.

O porta-voz lamentou a morte de três "bombeiros florestais da Conred mortos em um incêndio em Minerva, Mixco", a oeste da capital.

A temporada de incêndios começa regularmente em novembro e termina quando as chuvas chegam em junho, mas este ano em particular começou em dezembro devido às tempestades tropicais Eta e Iota que atingiram o país no início de novembro, explicou ele.

Todos os anos, os incêndios florestais devastam milhares de hectares de mata neste país da América Central. Muitos estão ligados às queimadas de preparo do solo para plantações e criação de gado.

ec/gm/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos