Incêndios florestais destroem casas na Argentina, resultando em 40 desaparecidos

Os incêndios florestais que estão ocorrendo na Argentina já contabilizam 40 desaparecidos e vários feridos no desastre. Na Patagônia, o fogo se espalhou pela região conhecida como “Paralelo 42 N”, uma faixa de cerca de cem quilômetros de comprimento acessada pela rodovia Ruta Nacional 40 vindo de Epuyén e Lago Puelo, na província de Chubut, em direção a El Bolsón, em Rio Negro. De acordo com informações, doze dentre os desaparecidos seriam de El Hoyo e pertenceriam a duas famílias que moram nas encostas das colinas. Além dos desaparecidos, duas pessoas foram hospitalizadas com queimaduras graves: uma mulher de cerca de 40 anos, que foi transferida de El Hoyo para Bariloche, e um homem de 50 anos internado no hospital da cidade de El Maitén. Ainda há outras 20 pessoas, de diferentes locais, que sofreram queimaduras e problemas respiratórios decorrentes da fumaça inalada.