Incêndios florestais na Califórnia queimam dezenas de mansões de luxo

Mansão sob fogo em Laguna Niguel, Califórnia
Mansão sob fogo em Laguna Niguel, Califórnia

Um incêndio florestal que está se alastrando rapidamente no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, levou centenas de pessoas a serem evacuadas e queimou ao menos 20 mansões luxuosas na região até agora.

Desde que começou, na quarta-feira (11), o incêndio no condado de Orange County já atingiu cerca de 80 hectares. Enquanto isso, em outro Estado americano, o Novo México, também está sofrendo com um grande incêndio florestal que já queimou cerca de 170 casas.

Nesta quinta-feira (12), autoridades afirmaram que o fogo não foi contido ainda, mas espera-se que os ventos que contribuíram para impulsionar os incêndios diminuam nas próximas horas.

Aviões foram vistos despejando retardantes de chama no bairro de Coronado Pointe, em Laguna Niguel, Califórnia, onde mansões multimilionárias queimaram durante a noite.

O morador da região Tim Wheaton descreveu à agência Reuters ter visto "pessoas chorando e se abraçando em carros cheios dos, suponho, itens mais preciosos de suas casas".

Em Laguna Beach, cerca de 900 casas foram colocadas nesta quinta-feira sob ordem de evacuação obrigatória nas colinas ao redor da cidade californiana.

A causa do incêndio ainda está sob investigação. A Southern California Edison, empresa de energia elétrica que atende grande parte do sul da Califórnia, disse que constatou uma "atividade no circuito perto do horário relatado do incêndio".

Pessoas observam casa queimando
Incêndio no condado de Orange County já atingiu cerca de 80 hectares
Bombeiro de costas trabalha de noite, diante de casas em chamas
Fogo ainda não é considerado contido

As empresas que prestam serviços públicos na Califórnia são obrigadas por lei a divulgar se seus equipamentos podem estar envolvidos em incêndios florestais.

Vários casos do passado, incluindo o maior incêndio da história do Estado, foram atribuídos à Pacific Gas and Electric, que em 2019 pagou vários bilhões de dólares em um acordo pelos incidentes ocorridos.

Em todo o oeste dos EUA e do Canadá, os bombeiros estão se preparando para uma temporada de incêndios florestais particularmente feroz. Especialistas dizem que a falta de umidade no inverno, combinada com temperaturas mais quentes, está fazendo com que a vegetação seque mais cedo a cada primavera, tornando-a mais suscetível ao fogo.

O Serviço Florestal dos EUA diz que o conceito de "temporada de incêndios" é antiquado, uma vez que as mudanças climáticas trazem a possibilidade de incêndios florestais o ano todo, já que estas aumentam o clima quente e seco que impulsiona o alastramento do fogo.

"Incêndios nos meses de inverno estão se tornando uma regra", disse a agência em um relatório do ano passado.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos