Incêndios mortais nos EUA atingem os mais pobres

·2 min de leitura
Bombeiros em frente ao prédio em chamas no bairro do Bronx, em Nova York, em 10 de janeiro de 2022 (AFP/Ed JONES) (Ed JONES)

Os dois incêndios que mataram cerca de trinta pessoas em Nova York e Filadélfia nos últimos dias são um indicador da deterioração da habitação social e da crise imobiliária nas principais cidades americanas.

No popular bairro do Bronx, em Nova York, um incêndio iniciado por um aquecedor matou 17 pessoas em um edifício residencial no domingo.

Na quarta-feira passada, outro terrível incêndio, desta vez em uma casa na Filadélfia, matou 12 pessoas.

Essas duas tragédias são os piores desastres do gênero em ambas as cidades nos últimos tempos. E onde eles ocorreram - apartamentos construídos para famílias desfavorecidas - não é mera coincidência, observam os defensores do direito à moradia.

"Quando li a notícia, pensei que, dado o bairro e o tipo de edifício, era habitação social", disse Jenna Collins, advogada de serviços sociais da Filadélfia, sobre o incêndio em Nova York.

"Fiquei ainda menos surpresa quando soube que a causa era um aquecedor elétrico", acrescentou, explicando que os apartamentos financiados pelo Estado geralmente não têm aquecimento suficiente no inverno.

Durante a pandemia, os preços das casas atingiram recordes, distanciando ainda mais muitos americanos de possuir uma casa.

Nenhum grande estado ou cidade dos EUA no ano passado teve moradias suficiente para as famílias mais desfavorecidas, observou a ONG National Low-Income Housing Coalition.

No centro de Nova York e Filadélfia, o número de moradias populares para esse segmento da população era inferior à média nacional de 37 unidades por 100 locatários desfavorecidos.

Essa escassez está criando situações como a da Filadélfia, onde a casa que pegou fogo abrigava cerca de 26 pessoas, 8 no térreo e 18 no primeiro e segundo andares, segundo um bombeiro.

Autoridades da cidade disseram em um comunicado que durante a inspeção na primavera passada os detectores de fumaça estavam funcionando.

Mas eles não funcionaram no momento do incêndio.

"Foi porque este prédio estava superlotado que tantas vidas foram perdidas", insistiu Jenna Collins.

O presidente Joe Biden prevê um investimento maciço em habitação social por meio de um vasto plano social e ambiental de US$ 1,8 trilhão.

Mas o projeto, chamado "Reconstruir Melhor", está parado no Congresso.

cs/juj/dax/alc/dg/dga/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos