1 / 2

Incoerência de João Doria sobre greve vira meme e viraliza na internet

Foto: Reprodução/ Twitter/ @jdoriajr

Incoerência de João Doria sobre greve vira meme e viraliza na internet

O prefeito de São Paulo, João Doria Junior (PSDB), travou uma batalha contra a paralisação dos trabalhadores neste dia 28. Além de tentar acordo com aplicativos de transporte privado para garantir o traslado gratuito dos servidores públicos municipais ao trabalho — fato que não ocorreu–, o político usou as redes sociais para se manifestar contra a greve e afirmar que será um “dia de trabalho” .

“Sexta-feira, 28 de abril de 2017, será dia de trabalho! Mais um dia para construirmos um país digno e honrado. Quem ama o Brasil, trabalha!”, escreveu em sua conta no Twitter.

Uma imagem, porém, gerou repercussão entre os movimentos que aderem à paralisação. Nela, há dois tweets de João Doria, um de apoio à greve contra o governo Dilma Rousseff, em 2013, e o outro, atual, em que o prefeito se diz contrário ao protesto de sexta-feira (28).

Depois de viralizado, o post desencadeou mais iniciativas. Em outra montagem, mais mensagens de Doria na época em que apoiou o movimento contra o governo petista foram colocadas ao lado do posicionamento atual.

Em um dos casos, o post na página Deboas na Revolução gerou 11 mil reações e 11,3 mil compartilhamentos.